sexta-feira, 30 de março de 2007

Escolas para pais


Não há. Não há escolas para pais. A insegurança e as dúvidas destes face ao seu desempenho parental é constante. São muitas as questões, as opções difíceis a tomar, as noites mal dormidas, a ansiedade, o medo e por vezes os dramas familiares. Pesa um sentido de responsabilidade esmagador e um sentimento de amor pungente. É natural a procura constante de respostas e apoios para tomadas de decisão que só podem ser seus, porque seus são os filhos. Descobri um conselheiro no último livro de Daniel Sampaio. 


Médico psiquiatra no Hospital de Sta. Maria, onde faz atendimento de jovens com Anorexia Nervosa e Bulimia Nervosa, e professor de Psiquiatria da Faculdade de Medicina de Lisboa, trabalha com adolescentes desde finais dos anos 70. É partindo da sua vasta experiência no campo da adolescência e da terapia familiar que este autor lançou em 2006 o livro Lavrar o Mar: um novo olhar sobre o relacionamento entre pais e filhos.


Aconselho-o a todos os pais, quer tenham filhos adolescentes quer ainda os tenham na 1ª ou 2ª infância. Porque as vivências da infância estão na génese de todos os comportamentos posteriores, problemáticos ou tranquilos, cúmplices ou desagregados, agressivos ou cooperantes.





Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...