sábado, 24 de março de 2007

Mulheres que correm com os lobos


Achei bem... na sequência do post anterior...os lobos uivam e a mulher passa...

A propósito, estou a ler um livro muito interessante: Mulheres que correm com os lobos, de Clarissa Pinkola Estés. A sombra que segue a mulher selvagem tem quatro pernas: é o vulto da loba, o espaço do instinto que habita dentro de cada mulher. É essa a nossa essência, recalcada por séculos de história de repressão feminina, de caça às "bruxas", de inquisição.

Há situações que favorecem o contacto com esta nossa (das mulheres) essência selvagem e instintiva: a ocupação em actividades criativas e artistícas, a maternidade, o parto, o estado de paixão,viver um amor de raízes profundas, o contacto com histórias ancestrais nas quais se incluem os contos de fadas, cuja mensagem original de sabedoria ancestral já foi muito censurada e estropiada através dos tempos.

Uma leitura sensual e curiosa que massaja o ego feminino!







Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...