sábado, 17 de março de 2007

Os direitos do blogger, sim, os nossos!



Inspirados em "Os Direitos do Leitor", enunciados por Daniel Pénnac no livro Como um romance (para mim um livro de referência), e que eu já tive o prazer de enunciar num post anterior, surgiram (e não foram adaptados por mim) “Os Direitos do Blogger” que nos tocam a todos. Por isso, passo a citar:


1. O direito de não blogar. (o novo verbo blogar!)


2. O direito de só ler alguns posts e o direito de não respeitar a lógica cronológica dos posts.

3. O direito de fechar o blogue e recomeçar uns tempos depois ou de começar um novo blogue ou de calar-se para sempre.


4. O direito de reler posts antigos, os dos outros e os nossos, de gostar, de não-gostar, de falar acerca disso, de retocar posts, de apagar posts.


5. O direito de não "linkar" blogues que toda a blogosfera "linka". (que eu saiba, o verbo linkar não existe ainda).


6. O direito ao bovarismo (termo que significa "Identificação com a personagem ou com a mensagem").


7. O direito a estar de férias e esquecer o blogue ou o contrário, o direito de escrever posts imaginários, o direito de escrever disparates e de escrever coisas sérias, o direito de escrever posts quilométricos, o direito de se contradizer.


8. O direito de gostar de blogues de qualquer espécie e das pessoas que estão metidas neles e o direito de não gostar de um blogue porque o template é horrível, o direito de nunca ler blogues de pessoas que nos provocam problemas de pele mesmo sendo de referência.


9. O direito de fazer hiperligações para blogues amigos quando nos apetece e também para os outros, sem quaisquer constrangimentos.

10. O direito de não desejar transformar o blogue em livro.




Um original de: Carla de Elsinore em 19/08/2005 retirado de http://welcometoelsinore.blogspot.com/2005/08/os-direitostm-do-blogger1-1.html

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...