quarta-feira, 11 de abril de 2007

O Caos Mágico da Bruxa Mimi


“A bruxa Mimi vivia numa casa preta no meio da floresta.
A casa era preta por fora e preta por dentro.
A carpete era preta.
As cadeiras eram pretas.
A cama era preta e tinha lençóis pretos e cobertores pretos.
Até a casa de banho era preta.
A Mimi vivia na sua casa preta com o gato Rogério.
O Rogério também era preto.
E foi por causa disso que os problemas começaram...”
 
In Thomas, Valerie e Korky Paul, A Bruxa Mimi, Gradiva, 2005.


Porque a Mimi estava sempre a tropeçar nele e... um dia decidiu usar um pouco de magia... ABRACADABRA! Oooh,Oooh, que desastre!


Os seus hobbies favoritos são mudar a cor do seu gato e gravar feitiços no seu computador novo. A sua peça de roupa preferida são as meias altas às riscas amarelas e laranja. Tem sempre o nariz vermelho como se estivesse muito constipada.

O gato Rogério não gosta nada de mudar de cor mas adora a Mimi. Adora voar com ela na sua vassoura mágica, especialmente agora que ela já usa óculos. O que ele detesta mesmo é o maldito computador!

A Colecção de livros da Bruxa Mimi, (Winnie the Witch, no original inglês) com texto de Valerie Thomas e ilustração de Korky Paul, é um sucesso internacional, já tendo vendido mais de dois milhões de exemplares, e estando traduzida em mais de vinte línguas.

O primeiro livro, intitulado apenas A Bruxa Mimi, publicado em inglês em 1987 foi vencedor do Prémio do Livro Infantil, atribuído pela Federação de Grupos do Livro Infantil.

O livro desta colecção (editada pela Gradiva), A Bruxa Mimi no Inverno está recomendada para leitura em voz alta no jardim de infância pelo PLANO NACIONAL DE LEITURA.

Apropriados para crianças entre os 0 e os 5 anos, estes livros encantam pelo detalhe visual, pelo uso intencional da cor e pelo tema sempre apelativo de uma bruxa desastrada, cujos feitiços têm sempre consequências inesperadas e divertidas. O texto encanta pela simplicidade, deixando a sensação de que utiliza as palavras simples e certas, nem uma a mais nem uma a menos para a construção da história. O recurso à repetição convida à oralidade. Perante a acessibilidade do texto, as ilustrações conduzem o olhar e a imaginação infantil pelos muitos cantos coloridos das histórias cheias de magia.

O site oficial, só em inglês,  interactivo e com actividades para as crianças é http://www.oup.com/uk/minisites/winniethewitch/.

 



Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...