terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Poema para uma girafa com frio




GIRAFA

Tenho pena da girafa
de pescoço grandalhão:
- Como é que a pobre se abafa,
tendo uma constipação?

Coitadinha da Girafa!

Quando eu me constipo,
posso arranjar um cachecol.
Mas com aquele pescoço…
Safa! Pobre da Girafa!
- Vou oferecer-lhe um lençol.

Leonel Neves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...